Cães equivalem à mentalidade dos bebês

CÃES EQUIVALEM À MENTALIDADE DOS BEBÊS

Carinho de Criança.

Quantas vezes não vemos os nossos amigos e parentes falando com os seus cães, como se eles fossem um belo nenenzinho. É um tal de “bilu, bilu” daqui, “gu, gu, dá, dá” dali, sendo que o ser humano realiza este comportamento por puro instinto. Contudo, pesquisadores da Hungria publicaram um estudo na revista “Current Biology” comprovando que a compreensão da raça canina é semelhante à de uma criança de 6 meses a 1 ano de idade. A única diferença é que os cães assimilam diferente esta comunicação devido ao processo de domesticação que passou por várias gerações.

Para determinar este estudo, os cientistas húngaros mostraram dois vídeos para um grupo de cães. No primeiro, uma mulher diz “olá, cão” enquanto olha diretamente para a câmera. Em seguida, ela se vira em direção a um contêiner e o cachorro segue o seu olhar. No entanto, quando a mulher olha para baixo e não para a câmera pronunciando a mesma frase, o cão não segue o seu olhar subsequente. Na opinião dos estudiosos, o animal consegue captar a diferença sutil no comportamento da mulher nestas duas situações.

O critério de avaliação da inteligência canina é baseado na facilidade que o cão tem em aprender e atender prontamente a comandos dados pelo dono ou pelo adestrador. A classificação abaixo foi montada pelo psicólogo Stanley Coren (professor de psicologia da Universidade de British Columbia, treinador e especialista em comportamento canino) depois de analisar as respostas de mais de 200 juízes de provas de trabalho da AKC (American Kennel Club) a um questionário sobre a inteligência das raças de cães. Para ele os cães demonstram instintivamente múltiplas inteligências em diversas situações. 

Modelos de Inteligência

  • Inteligência Espacial: o cão compreende a organização do mundo que o cerca. Saber onde fica a sua guia, o pote de biscoitos e sua cama são demonstrações típicas da inteligência espacial.
  • Inteligência de Coordenação Motora: o cão é capaz de se mover e coordenar seus movimentos com destreza, como nos esportes onde o animal precisa saltar em altura e largura, equilibrar-se sobre uma gangorra ou uma corda, executar um slalom ou participar de competições que exijam agilidade.
  • Inteligência Intrapessoal: o cão conhece a si mesmo, suas capacidade e limitações. Um cão que se recusa a pular uma cerca que seja muito alta demonstra conhecimento sobre suas capacidades.
  • Inteligência Interpessoal: o cão se reconhece como criatura social. É evidenciada em cães que interagem com outros e assumem função de líder ou outras dentro da matilha, bem como cães que tentam se comunicar com seus donos. 
  • Inteligência Musical: o cão é capaz de reconhecer fatores musicais, como harmonia e tom. A vocalização de sensações, como uivados, seria uma forma de manisfestação desse tipo de inteligência.
  • Inteligência Lógica: cães são capazes de resolver problemas e aplicar estratégias racionais quando se deparam com novas situações. Quando se colocam dois pedaços de carne no chão, independente do tamanho delas, o cão pegará primeiro a que estiver mais perto – ele corre menos risco de perdê-la. Se ambas estiverem à mesma distância, ele pegará a maior. 
  • Inteligência Linguística: cães são capazes de se comunicar, uma vez que são animais sociais. Na natureza, é possível observar cães selvagens e lobos se organizarem para caçar, administrar posições sociais e divisão de tarefas, o que sugere um sistema de comunicação complexo. Além disso, cães são capazes de entender comandos.
Cães equivalem à mentalidade dos bebês
5 (100%) 1 vote

The following two tabs change content below.

EDITORA FRAGA

2 Resultados

  1. Zilma disse:

    Arrasaram no mat

  2. Giana disse:

    site bem elaborado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *