Bebês e Cachorros: ser feliz vale a pena (Veja Vídeo)

Bebês e cachorros sempre será uma receita que dá certo para a eterna felicidade de uma família. Não existe família completa sem a presença de crianças ou animais domésticos, que dão aquele toque de travessura e leveza no lar. Quando junta estes dois seres puros, alegres e sapecas sempre algo inusitado e muito engraçado, fatos que fazem a vida valer a pena. Não tem algo mais sublime deste planeta do que o sorriso espontâneo de uma criança e o carinho dócil de um cachorro. Assista o vídeo e se emocione. 

Regras de Convivência entre bebês e cachorros

Do nascimento até os seis meses do bebê

1. Peça para tirarem o animal da casa quando você for voltar da maternidade com o bebê. O cachorro sente que o seu território está sendo invadido se os pais surgem com um novo ser humano a quem dão muita atenção. O ideal é chegar, acomodar o bebê e só então trazer o animal de volta da casa de parentes, de amigos ou de um hotelzinho.

2. Mantenha o chão de todos os cômodos bem limpo. Cães solta pelos (às vezes imperceptíveis) diariamente. Para que o bebê não os aspire e fique livre de alergias, é preciso passar um pano úmido no chão de toda a casa pelo menos uma vez ao dia.

3. Permita que o animal se aproxime aos poucos do bebê e de preferência depois do terceiro mês. Deixe o cão cheirar os pés do bebê, as mãos, a cabeça. Impeça as lambidas nesse começo, já que o boca do animal é repleta de bactérias.

A partir dos seis meses do bebê

1. Oriente a criança quanto aos excessos. Explique que cão não é brinquedo e que não é legal puxar pelo rabo ou enfiar os dedos nos olhos e nas orelhas dele, pois ele pode sentir dor e atacar para se defender. Além disso, o comportamento com o bichinho de casa moldará como ela será com animais de outras pessoas, com os quais é essencial ter limites.

2. Incentive a criança a se aproximar do animal. Ensine-a a dar petiscos para o cachorro e a brincar com bolinhas e outros apetrechos. Todos vão se divertir!

3. Inclua o animal nas brincadeiras com o bebê. Jogar um brinquedo alternadamente para o bebê e para o cão é uma forma simples de mostrar que todos têm atenção na casa.

4. Mantenha os potes de comida e de água do animal fora do alcance da criança. Se ela alcançar os recipientes, vai querer comer a ração e beber a água, o que não é aconselhável.

5. O animal é de toda a família. Vendo o carinho e os cuidados dos pais com o cão, a criança agirá da mesma maneira. O exemplo é um ótimo professor.

Bebês e Cachorros: ser feliz vale a pena (Veja Vídeo)
Rate this post

The following two tabs change content below.

EDITORA FRAGA

Latest posts by EDITORA FRAGA (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *