Meu medo de gatos

 

MEU MEDO DE GATOSSempre fui uma criança alegre, feliz e espontânea. Até aí tudo normal se tratando de uma criança. Mas sempre fui diferente das demais crianças da escola e do bairro quando o assunto era os gatos. Ao contrário de todas as crianças que amavam os gatinhos e faziam carinho e se alegravam quando eles passavam pelas suas perninhas, eu saía correndo e aos prantos berrando, de medo. E sempre foi assim ficava desestabilizada e assustada com qualquer aproximação de um gato perto de mim. Esse medo absurdo me acompanhou toda adolescência e me acompanha na fase adulta. Acho que vou morrer assim pois eu tenho um medo que é até difícil explicar o tamanho desse medo. Buscando entender o que passa comigo fiz uma intensa pesquisa na internet e descobri que tenho fobia aos gatos e isso é uma doença e tem nome: ailurofobia que significa um medo irracional de gatos. Depois que me diagnostiquei fiquei um pouco mais tranquila pois descobri que eu não estou sozinha nesse mundo com um pavor de todos os gatos do universo.

Com esse meu medo vem milhares de histórias de terror para mim e de comédia para quem convive comigo e conhece esse meu lado fraco. E são inúmeras histórias de encontros meus nada desejáveis com os gatos. Minha família e amigos sabem do meu medo já que a primeira pergunta que eu faço ao entrar na casa de qualquer pessoa é a mesma: tem gato aqui? Se tiver, um abraço, ou prende para eu entrar ou não tem a menor possibilidade de eu entrar no espaço que tenha um gato. Uma vez uma amiga perguntou ‘então você deve morrer de medo de leões, tigres e esses felinos enormes’. E a resposta é NÂO. Por incrível que pareca mais quanto menor o gato mais medo eu tenho. Os filhotes eu tenho verdadeiro horror e muito mais medo do que os adultos. Não gosto de ver filmes com gatos, fotos nem nada que contenha essa estampa.

História engraçadas? Inúmeras. Uma vez eu estava com meu irmão no celular andando para a minha casa quando em cima do muro que eu passava tinha um gato, parado e me olhando normalmente. Eu larguei o telefone no chão e sai correndo para dentro de casa gritando ‘ai meu Deus do céu, socorrooooo’. Minha mãe ouvindo os gritos e socos que eu dava na porta abriu a porta e trancou rápido achando que eu estava sendo perseguida por um assaltante, tarado ou qualquer criminoso. Eu chorava tanto que só consegui falar duas palavras ‘um gato’. Mamãe me deu água com açúcar e não deu 5 minutos meu irmão chegou de carro cantando pneu na minha casa gritando ‘Talitaaaaa’ e minha mãe abriu a porta e ele me viu chorando no sofá e mamãe já explicou a situação ‘foi um gato’ e ele reclamou ‘meu Deus eu achei que alguém estava perseguindo ela pois eu escutei os gritos e o telefone dela não respondia mais e eu ouvia a gritaria’. Aí que eu lembrei do meu celular que ficou caído no quintal. Ele brigou comigo, mamãe me acalmou, ele se acalmou e no final rimos da aventura. Essa é uma das milhões de histórias que me acompanham nos meus 27 anos de vida e de medo de gatos. Não acredito que um dia eu irei superar esse medo pois me falta muita, mais muita coragem, mas quem sabe…

BIOGRAFIA: Este texto é da dentista Talita de Souza Penharel contando a sua paúra por gatos, apesar de adorar animais domésticos e ter quatro cachorrros.  Mesmo com esta fobia, Talita respeita bastante o universo felino e admira quem cuida e trata deste lindos pets

48 Resultados

  1. Nayara Mobarack disse:

    Talita, a cada frase lida em seu depoimento eu me enxergava.
    Desde do inicio até ao fim. Incrível como as mesmas perguntas feitas a ti são feitas para mim, e as respostas iguais.
    Situações vivenciadas por vc, são as mesmas que eu vivencio ao longo de toda minha vida, hoje tenho 28 anos, e meu medo parece aumentar cada dia mais.
    Minha mãe diz que desde quando aprendi a falar, eu já expressava meu medo aos gatos, dizia que com 2, 3 anos de idade dizia ter visões de gatos dentro de casa, fato esse que me recordo de um dia, quando era muito pequena e acordei desesperada, pois estava vendo um gato “laranja” me olhando; minha mãe diz que meu desespero era tão grande que até ela ficava assustada sem saber como me acalmar. Eu não tenho coragem de ver nada que tenha imagens de gatos, vídeo, fotos nadaaaaaaaaaaa.! Não entro em casas que tenham gatos, e se tiver que atravessar a rua para me manter distante deles eu atravesso. Eu tenho um medo tão desesperador que não consigo me expressar. Eu nunca tive contato com gato na minha vida, a única vez que algum ficou mais próximo de mim, foi quando tive que dormir na casa de uma amiga e ela me jurou que os gatos não subiam nos quartos, pois bem, eles subiram e foram direto para onde eu estava dormindo, eu gritiva tanto, que até perder por um momento a lucidez. Eu tive tanto medo aquela noite que quando eu lembro dela, pareço estar revivendo aquele dia de terror.
    Nunca mais voltei na casa dessa amiga, e jurei por resto da minha vida que nunca mais pisaria na casa de pessoas que possuem gatos. Agora se eu tenho medo de felinos silvestres a resposta também é não. Eu gosto de animais domésticos, mas gatos eu já mais terei coragem de me aproximar de um.

  2. Cleusa dos Santos disse:

    Eu tenho o mesmo pânico, pior é que tenho que trabalhar com um aqui na casa que trabalho a cada dia piora o desespero. Sei que ele não vai fazer nada, mas fico toda trêmula. O coração acelera. Só Deus ?.

  3. Ana Carolina disse:

    Olá, eu me identifiquei muito com você, pois tenho 25 anos e sofro demais devido ao medo de gatos. Às pessoas não entendem esse medo e muitas vezes tiram sarro, acham que estou fazendo graça, mas só quem passa por isso sabe o quanto é difícil. Eu tenho pavor de gato, quando vejo um na rua eu mudo de rua, eu não passo na calçada que tiver gato, eu não entro na casa de pessoas que têm gato, enfim se eu vejo um gato de longe já imagino que ele vai vir correndo em cima de mim e me atacar. Fico mais aliviada em saber que outras pessoas tbm sofrem com esse medo de gato assim como eu.

  4. Sophia Konidis disse:

    Como é aliviador descobrir que não sou a única pessoa no mundo com esse medo de gatos!!!!! Se vcs souberem alguém que realiza um tratamento para este problema , por favor me AJUDA !!! Eu passo diariamente por situações constrangedoras, como por exemplo, ver um gato na rua a quilometros de distância e simplesmente fico paralisada, se o gato começa a vir em minha direção automaticamente eu pulo em cima de quem for, seja conhecido ou não… Me sinto muito mal com essa situação, gostaria muito de me livrar desse medo de uma vez por todas. Acabo me privando de ir em vários lugares , por saber que há gatos no ambente, isso me entristece bastante.

  5. ana disse:

    caramba, pensei que só eu fosse assim, o pior que é a mesma coisa, quanto menor pior… sei também que nunca irei superar esse medo, não há terapia nesse mundo que faça com que eu mude isso. mais é bom saber que não sou só eu, e que nem apenas uma frescura minha.

  6. Thayanny Lago disse:

    Pensei que eu que tinha escrito esse texto kkk sou exatamente assim!! Tenho pavor a gatos, não gosto de jeito nenhum, tenho medo, gosto menos ainda dos filhotes, pra mim eles são um verdadeiro horror. Tô em busca de um tratamento, porque não aguento mais as pessoas zombando do meu medo.

  7. Danila disse:

    Nossa .. é reconfortante saber que não sou a única pessoa com pavor de gato, não me lembro se tive algum trauma, só sei que ao longo dos meus 33 anos de idade, não consigo ficar no mesmo lugar que um gato, já saí de ambientes quando eles aparecem, sempre pergunto antes de entrar pela primeira vez na casa de alguém se tem gatos, não suporto ouvir o miado, sonho com eles e acordo assustada, não consigo nem comer se ver um ou souber que tem algum por perto, sinto nojo, medo, se estiver em um ambiente descontraída e aparecer um gato, sendo pequeno ou não, para mim a diversão acaba ali. Fico realmente paralisada! Tenho tanto pavor que não gosto nem de pensar na possibilidade de um dia não sentir mais esse medo e ficar perto de um ou pegar nele, urgh! Por outro lado, apesar do pavor e aversão à eles sou completamente contra a todo e qualquer mal tratos à esse ou qualquer outro animal.

  8. Micaela disse:

    Gente, achei que eu estava sozinha nessa, prefiro abraçar um leão do que chegar perto de um gato, também não gosto de cachorros, mas dá pra conviver. Realmente, as pessoas acham que é frescura, uma moça até jogou um gato em cima de mim uma vez, minha pressão caiu na hora.

  9. Lucia Santos disse:

    Como se livrar do medo de gatos em apenas uma hora
    Li isso aqui eu vou compartilhar com vocês

    As pessoas têm diferentes razões para o medo de gatos. No entanto, a maioria deles pode apontar para uma experiência em seu passado que fez com medo dos animais. Embora seja sempre prudente de tratar os animais com respeito, não é normal a entrar em pânico com a visão de um gato comum ou gatinho. Animais de estimação são feitos para trazer amor e felicidade para as pessoas. Criadores não criar animais para criar ansiedade. No entanto, as pessoas com uma fobia de gatos são incrivelmente ansiosa quando vêem um felino. As pessoas com esta fobia deve saber que ele é fácil de superar a sua ansiedade em apenas algumas horas com a ajuda de programação neuro-linguística (PNL) e hipnoterapia.
    um medo de gatos podem impactar negativamente a A vida da pessoa
    Pode parecer que este tipo de fobia é fácil viver com se você não possuir um gato. No entanto, as pessoas que sofrem desta fobia pode ter medo de visitar casas que têm um gato de estimação ou pode evitar tomar seus filhos fora no caso de topar com um gato selvagem. Pessoas com uma forma grave desta fobia pode até ter medo de ver um gato na TV.
    Não passe o Phobia a suas crianças
    As crianças são notavelmente perceptivas sobre medos dos pais. Muitos pais estão, portanto, em causa sobre a passagem de sua preocupação com animais de estimação para seus filhos. Eles não querem que seus filhos aprendam a temer felinos como eles fazem. Eles querem-los a jogar fora, visitar amigos e assistir TV sem temer um ataque de pânico.
    quebrar o ciclo de pânico
    A melhor maneira de quebrar o ciclo de pânico é acabar com a sua própria fobia. Isso exigirá que você para recondicionar sua mente. Quando você vê um gato que você não vai temer um ataque, mas, ao contrário, ver o animal como uma criatura gentil que significa que nenhum dano.
    ajuda está disponível
    NLP e hipnoterapia têm ambos provaram ser eficazes. Técnicas de PNL e hipnoterapia recondicionamento diretas ter curado muitas pessoas com fobia de felinos de seu pânico debilitantes.
    Como a PNL e hipnoterapia pode ajudar
    PNL direto e técnicas de hipnoterapia recondicionamento não levam em conta por que uma pessoa tem medo de gatos. Uma pessoa pode não lembrar o que começou seu medo. Eles podem não se lembrar de uma época em que um gato saltou sobre eles repentinamente ou quando um gato arranhou-los quando eles eram crianças pequenas.
    No entanto, eles estão cientes de como sua fobia limita a sua actividade quotidiana. PNL e hipnoterapia vai recondicionar os seus pensamentos. Após o tratamento, eles não vão entrar em pânico quando vê um gato, mas em vez disso, ver um gato ou gatinho para o que é, ou seja, um animal de estimação ou animal inocente que não vai machucar alguém sem provocação.
    PNL e hipnoterapia pode muitas vezes, ajudar alguém a se recuperar totalmente desta fobia em uma sessão. Raramente, uma segunda sessão pode ser necessária. Por isso, em tão pouco como uma hora, uma pessoa pode se livrar de seu medo de gatos que tão profundamente impactos sua vida.

  10. vani disse:

    Gente tenho pavor de gatos ,não consigo nem ver em fotos ou estampas ,também já dei escândalo porque o gato veio na minha direção!
    E pior o vizinho tem gato que sempre pula no meu quintal ,e tenho vários pesadelos com gatos me perseguindo !
    Eu já tenho 41 anos acho que esse medo tbem não vai passar !

  11. Gisele Assis disse:

    Nossa! Me arrepio só de ler as histórias. Tenho verdadeiro pavor a gatos e como a maioria de vocês, quanto menor o gato, pior é o escândalo. Sim, morro de vergonha dos meus surtos em público, mas é importante divulgar que há muitas pessoas com ailurofobia, medo irracional de gatos. Fui diagnosticada quando criança, já tive várias crises de pânico por causa de gatos. Já deixei de entrar na casa do meu pai pq tinha um gato na calçada, já me joguei na frente de um carro pq um gato vinha em minha direção, já travei dirigindo pq um gato cruzou a rua e fiquei descontrolada dentro do carro, já briguei com um vizinho pq deixou o gato solto no condomínio, já corri de filhotes de gatos como se estivesse fugindo de um ladrão, fora as crises de profundo desespero, choro compulsivo e tremedeira. Simplesmente não existe a menor possibilidade de estar no mesmo ambiente que um gato. Como a maioria das crises acontecem em público, às vezes encontro pessoas que não dão a mínima para o meu desconforto, encontro pessoas que riem e o mais comum, pessoas que acham que é frescura. Vamos lá pessoas sem informações sobre fobias, há algo que você não sabe: medo não se explica, fobia é doença séria que em casos avançados requer acompanhamento médico e uso de medicamentos. Se você não entende um medo “bobo” , por favor apenas respeite! Hoje, estou numa terrível crise de pânico pq estive perto de um gato. Que Deus me ajude a me livrar dessa doença. Preciso e quero ser maior que este pânico. Por enquanto, saber que há mais pessoas sofrendo do mesmo mal e ter a esperança de que o maior número de pessoas possíveis entendam e respeitem fobias por mais estranhas que sejam, já me conforta.

  12. Marilene disse:

    Olá pessoal bem vindos ao clube também tenho um enorme pavor de gatos não vou a casa de amigos e familiares que tenham um gato. Dependendo do estabelecimento nem entro já cheguei a deixar minhas compras em uma loja pois quando fui pagar havia um felino enorme no caixa larguei tudo lá e sai correndo

  13. Cleide disse:

    Nossa, parece q eu estava lendo a minha história, a maioria das pessoas acham que é mentira ou até mesmo frescura, já deixei de entrar em alguns locais por medo do gato!! Tenho medo (pavor rsrsrs) desde criança, mas não admito maus tratos com nenhum tipo de animal!! É muito bom encontrar pessoas q tem o mesmo medo q eu.???

  14. Valdenice disse:

    Tudo que li é igual a minha história de medo, pavor. Tenho 52 anos e sempre sofri com essa situação desagradável de medo de gatos .tanto grandes ou filhotes que são mais danados .Quando alguém me convida pra ir até a casa nem durmo direito pensando se terá gato ou não.

  15. Mariana disse:

    Muito prazer! Eu tbem tenho verdadeiro horror aos gatos! Não consigo nem olhar, muito medo mesmo, fobia só de imaginar um deles me encostando já penso que posso desmaiar! Creio que morrerei asdim, tenho verdadeiro pavor! Não sou única no mundo! Ufaaaa!

  16. Mariiia disse:

    Gente eu tenho mto medo e minha casa é cheio de gato invandindo nao sei mais o que fazer o miado medeixa em panico
    se eu ver entao me da um troço

  17. Elaine silva hilario disse:

    Oi que bom achar pessoas com este medo de gato o medo e tamto quando menor o gato maior o medo mais,e demais ate quanto o cachorro é bem pequeno minha mente confunde com gato,fico olhando penso que é gato pequeno ja desmaei passei muito mau e muito dificil queria ficar livre desta cituação tem cura?

  18. karla disse:

    Nossa, pensei que eu era a única a temer filhotes. Pra mim, quanto menor mais pavor eu tenho….fico triste quando as pessoas não entendem e acham que é frescura só quem têm fobias é quem sabe o quanto é dificíl….

  19. Maria Zilda disse:

    Tenho 45 anos, e o meu pânico só vem aumentando com o tempo, não sei o que fazer, fui esse fim de semana conhecer a casa de uma amiga e chegando lá descobri que tem 2 gatos, fiquei trancada no quarto, não participei do churrasco e falei pra ela que não volto mais lá e desenvolvi uma espécie rinite alérgica a odor dos gatos, onde tem gato eu percebo pelo odor do xixi deles….

  20. Quele almeida disse:

    Eu tbm tenho muito medo de gato só de ouvir o miado já fico apavorada. Mas o pior é quando as pessoas não respeitam o seu medo e acham q e frescura.

  21. Marilia disse:

    Nossa parece eu contando tudo!!! Nunca me identifiquei tanto….. Ufa sou normal!!! As pessoas desacreditam, mas é muito medo com 31 anos de idade!!! Já chegou até a polícia aqui em casa depois de um escândalo por causa de um gato!!!! Kkkk

  22. Eize disse:

    Sofro tanto com essa fobia a gatos que estou nessa situação de acreditar que não tem cura, tenho 27 anos e não consigo nem ouvir um miau de longe me desconcentra totalmente. E tem tanta gente que faz brincadeiras ou então acha uma piada, as vezes sofro com isso de acharem que é coisa besta…mais tento me controlar!!

  23. Leticia disse:

    Ola, boa noite, assim como os demais depoimentos, tmb me identifiquei e na minha familia sou eu e minha tia, com esse pavor. Tmb fui pra Argentina e passei pela mesma situação…

  24. Camilla Pereira disse:

    Ainda bem que me encontrei aqui .. eu tenho pavor de gato, principalmente se são pequenos. Ontem em casa a noite estava eu, sozinha e meu marido na faculdade, quando percebo um miado, quando olho pra cozinha, um filhote de gato dentro de casa ( que deveria ter entrado) quando a porta estava aberta, eu, sai correndo, e fiquei do lado de fora de casa, chorando, e estou gravida ainda, fiz de tudo para manter a calma. Meu marido estava em prova na faculdade e quem foi me socorrer foi minha mãe … Gente, que coisa terrivel!!

  25. Mirelli Marques disse:

    Parece que foi escrito por mim, exatamente a parte em que quanto menor o gato, maior o medo!
    Sempre noto o espanto das pessoas ao ver o meu medo de gatos, bom saber que não sou anormal rs.

  26. Lucia Santos disse:

    Olá gente! Hoje passei por mais uma experiência de pânico de gatos ao chegar em casa de carro e deparar com dois gatos na minha varanda e eu ficar dentro do carro chorando sem poder sair e ainda tendo que ficar observando eles pra não perdê-los de vistas. Julgando eu ser a única com este pavor coloquei no Google, medo de gatos e foi tamanha a minha surpresa ao ver que eu não estou sozinha nesta desagradável situação. Tudo que li aqui é exatamente o que eu sinto. Tenho um descontrole insuportável só de imaginar que eles podem sair de onde estão e se aproximar de mim. Já passei por várias situações desagradáveis . Já tentei analizar quando começou este medo. Mas não consigo me libertar desse insuportável pânico.
    Tenho uma vaga lembrança de qd eu era criança, dormindo com um gato e ele tremia. Era um gato de uma irmã minha, eu devia ter sete anos ou menos , sei lá. Eu era uma criança estremamente retraída, chorava a toa. Aconteceu que eu soube que o gato caiu dentro de um sítio e uns cachorros mataram o gato. Me lembro vagamente eu sofrendo e chorando escondida pela morte do gato. Até que um dia eu estava triste quando eu ouvi alguém gritando, dizendo que minha irmã foi arraiada por um gato e minha mãe saiu gritando, para acudir minha irmã e dizendo que lá na roça,onde ela morou havia gato do mato, que matava até gente.
    Eu lembro disso! Mas não sei exatamente se foi daí que surgiu, Tenho cinquenta e dois anos e até hoje sofro desse mal. Não consigo ficar no mesmo ambiente que tenha gatos. Grito desesperadamente. Graças a Deus ninguém nunca jogou nenhum gato em cima de mim porque eu morreria, todos sabem desse meu medo e ficam impressionados e dizem nunca ter visto nada igual. Se alguém souber de alguma coisa para tirar este medo, que não seja hipnotismo. Me falem!

  27. Martha disse:

    Eu também tenho medo de gatos, na verdade é um pânico que não tenho como explicar, desde sempre tenho esse medo. Gostaria de uma aproximação melhor com vocês para que possamos descobrir algo em comum que tenha desenvolvido essa fobia.
    Esse medo me atrapalha em tudo. Gostaria de saber causas, tratamento e experiências.

  28. Nívea disse:

    Fico feliz de saber q não estou sozinha nessa..é uma coisa q atrapalha muito a minha vida, gostaria muito de conversar com outras pessoas q tenham essa fobia tbm pois ninguém entende,,

  29. Izabela disse:

    Gente, em partes fico muito feliz em saber que não estou sozinha nesse mundinho do medo de gatos.Meu Deus, não consigo olhar nos olhos dele, nem estar no msm ambiente… Fiz tratamento psicológico por 2 meses, e o tratamento gira em torno da aproximação, tanto que ja consigo ao menos olhar imagens, mas senti descaso do próprio especialista e reparei que para melhorar dependerá de mim em primeiro lugar e para isso preciso me aproximaraos poucos…O meu maior sofrimento atualmente e que na fazenda do meu namorado tem mais de 10 gatos e com isso não participo dos principais eventos da família dele que mora lá, e mti triste e me cobro muito melhorias para uma melhor convivência, mas esta difícil…Fora que a minha melhor amiga tem 2 gatos e não conheço a nova casa dela por esse motivo…Me atrapalha demais no convívio social, fora várias histórias que se assemelha a de vcs…Mas enfim pessoal, depende da gente se permitir a vencer esse maldito medo!

  30. Márcia disse:

    Também morro de medo de gatos, mas penso que piorou porque as pessoas não entendem e fazem brincadeiras…ja jogaram gatos em mim…as vezes eu prefiro não comentar, mas não consigo ficar num ambiente com gatos por isso as pessoas acabam sabendo…Tenho MEDO, muito medo…em fotos, televisão, comerciais, não consigo olha nos olhos, mas não gosto que os maltratem…muita gente tem raiva de gatos, eu tenho medo são coisas distintas e que as pessoas não entendem.

  31. marcia moraes disse:

    Gente, eu tenho pavor de gatos também, dou o maior chilique, choro, grito, tremo, não entro de jeito nenhum em uma casa que tenha gatos, me assusto com fotos, na televisão, este medo é muito forte!! Alem das piadas, tem pessoas que acham q jogando um em cima de mim eu vou “melhorar” imaginem meu pânico só aumenta, e tem pessoas que acham que eu tenho raiva, o que não é o caso…não gosto q os maltratrem, só tenho pavor

  32. Sandra Rita disse:

    Sou assim mesmo, fui em uma pizzaria e lá tinha gato passando embaixo da mesa, nossa horrível, noite de pavor, não relaxei. Agora mesmo 02:10 da madruga não consigo dormir, senti algo ao olhar vi um gato no meu quarto, gritei ate meu filho tirar ele.

  33. MARIA disse:

    EU TENHO HORROR A GATOS…A MESMA COISA QDO CHEGO NA CASA DE ALGUEM PERGUNTO TEM GATOS???FUI EM UM BAR NO RIO QUE SE CHAMA PALAPHITAS E POR LÁ PASSAM VARIOS GATOS, EMBAIXO DA MESA E TUDO…NAO CONSEGUI RELAXAR A NOITE TODA, FOI HORRIVEL…IMAGINA O DIA QUE FOI EM BUENOS AIRES NO CEMITERIO DA RECOLETA QUE É CHEIO DE GATOS…QUASE MORRI

    • Martha disse:

      Maria, você me deu uma ideia, podíamos fazer um blog sobre dicas de locais que tenha gatos.
      Fui em Santa Marta, na Colômbia, e lá é cheio de gatos.

      Pena que minha fobia está num grau avançado, porque eu não consigo entrar em nenhum lugar que eu saiba da possibilidade de haver algum gato.

      • Nathália Barros disse:

        Que ideia incrível!
        No momento, estou passando por isso.. Marquei uma viagem para Morro de São Paulo/BA e somente depois que fechei o pacote que descobri que a ilha é lotada de gatos por todos os lados.. Estou a ponto de cancelar tudo e perder dinheiro!
        Se tivesse visto antes sobre isso, não teria acontecido.. Mas é que quem não tem medo nao repara na presença de gatos. Muito ruim tudo isso!!!
        E o sobre o bar Palaphita, eu também passei por isso, mas não exatamente nele, e sim no Jockey Club do Rio, que é onde o bar fica localizado. Fui a uma festa lá e tive que simplesmente ser escoltada por seguranças de tanto que tremia.. É um dos únicos lugares do RJ que têm muito gato, porque na rua não é comum encontrar muitos (por isso amo o Rio hehe)

  34. Sheila disse:

    Sei exatamente como é isso… ao ler o texto, era como se tivesse escrito por mim, da mesma forma e principalmente: quanto menor o gato, maior o medo. Acho que o pior de tudo é a incompreensão das pessoas, que acham ridículo o fato de alguém ter medo de gato. A lista de histórias é imensa, e sempre com um desfecho de vergonha no final de cada uma…

  35. Luiza disse:

    Oi talita, vc não está sozinha, tbem tenho muito medo de gato, acho que nunca vou superar, acho impossivel.
    O dificil é que não é muito comum, quando falo que tenho medo de gato quase todo mundo admira, acha estranho.
    Todo lugar que eu vou pergunto se tem gato, restaurante, barzinho beira geralmente tem, ja fiz muito escandalo e matei meu marido e filhos de vergonha saio correndo e gritando ninguem entende.
    O meu maior sonho e perder pelo menos um pouco de medo, conviver melhor com isso, atrapalha muito a minha vida.
    Se souber de algum tratamento me avise , serei grata

  36. Sol disse:

    Nossa, pensei que eu era a única a temer filhotes. Pra mim, quanto menor pior. Infelizmente tenho fobia de cães e gatos, e os filhotes me apavoram ainda mais. Sofro muito. Gostaria de controlar esse medo!

  37. Pedro Magalhães disse:

    Ter uma fobia não devia ser motivo de piada. Tenho uma amiga que tem medo de aves, de ver um pombo fica horrorizada.

  38. Ramon disse:

    Tenho 23 anos, e dependendo da situação eu choro ate hoje de medo. qnd eu me assusto, até quem CRIA gatos se assusta comigo, eu boto a guela no mundo e corro!!! tenho PANICO, PAVOR, PAÚRA de gatos/imagens de gatos, qnd eu era pequeno, limpava a mao se eu segurasse uma revista e tivesse um gato, essa foto do post passei correndo

  39. Mariana disse:

    eu tenho pavor, se saio na rua e tem um gato eu vou pro outro lado…

  40. Cristina Teixeira disse:

    Olá Sou terapeuta da area da psicologia enegética e fico feliz em partilhar que fobias hoje em dia, são fáceis de ultrapassar. Fico ao dispor para informações sobre esste assunto. Obrigada pela partilha.

  41. Cecilia disse:

    É exatamente a mesma reação que o amigo que mora comigo tem.
    Eu tenho uma gata recentemente adotada, e tivemos que adaptar um quarto só pra ela no apartamento porque ele morre de medo.
    E em recente viagem à Argentina, ele esteve em contato com um leão e um tigre em um zoológico, e quando fiz a mesma pergunta que fizeram a você: que quanto menor o gato, mais medo ele tem.
    Vou dar a você o mesmo conselho que dei a ele: é bom procurar ajuda psicológica. Todo mundo merece viver com qualidade de vida, e isso não pode existir quando a pessoa possui alguma fobia (tenho aracnofobia, então sei como ambos se sentem). Todo ser humano merece viver feliz e sem medo! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *