Odontologia nos cães alivia síndrome do pânico

ODONTOLOGIA ALIVIA SÍNDROME DE PÂNICO NOS CÃESQuando um cão sofre alterações comportamentais ou de síndrome do pânico, muitos tutores fornecem restos de ossos naturais com o intuito de distrair e acalmar o animal. Estes momentos acontecem, principalmente, quando o pet está aprisionado, em dias de fortes temporais ou habituais queimas de fogos de artifícios durante as finais dos campeonatos de futebol e os festejos de finais de ano. Contudo, além roer ossos o cão pode morder grades ou gaiolas num momento de aflição extrema contraindo um trauma dentário e sendo exposto a uma fratura. Os dentes caninos mais prejudicados, geralmente, são o quarto pré-molar superior, seguidos dos pré-molares e incisivos e molares inferiores.

Antigamente, estes dentes fraturados eram tratados endodonticamente e restaurados, apenas, no espaço relativo ao preparo de acesso cirúrgico, sem a restituição total da coroa. Com o avanço tecnológico da Odontologia Veterinária este processo mantém estes dentes na boca dos cães conseguindo restaurar a parte coronal perdida. Esta prática devolve o elemento dental à função, a forma e possivelmente a estética configurada pelo aspecto físico da prótese metálica e que agrada a grande número dos proprietários. A Restauração Metálica Fundida (RMF) como é denominada é capaz fortalecer a resistência anterior dos dentes, cujo fator é essencial para os cães de guarda.

ODONTO VETERINÁRIA AVANÇA NOS TRATAMENTOS CANINOS

RMF: tratamento moderno e eficiente.

A EVOLUÇÃO DA ODONTOLOGIA NOS CÃES

Ao iniciar este modelo de tratamento, o veterinário deve pesquisar a índole do paciente avaliando qual o tipo de prótese mais adequada. As aplicações de RMF podem ser tanto unitárias, quando aplicadas, apenas, em um elemento dental, mas também harmoniosa quando múltiplas e aplicadas em todos os dentes caninos superiores e inferiores. Em uma ampla maioria dos casos, o pet se adapta muito bem, pois as próteses não incomodam a atividade mastigatória ou mesmo no caso de animais de trabalho, que retornam as suas funções. O veterinário proíbe expressamente roer qualquer tipo de osso, bem como, os pneus que são oferecidos em momentos de lazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *